Siga e compartilhe

Doenças que atrapalham emagrecer. Saiba mais!



Doenças que atrapalham emagrecer. Saiba mais!

Pesquisas recentes divulgaram relatos e dados estatísticos que alertam sobre o perigo de certos programas de redução de peso aplicados em indivíduos com problemas de saúde, pois algumas doenças interferem na Dieta mais do que se pensa.

Doenças digestivas, respiratórias e das articulações são as que mais impedem perder peso, segundo esse estudo.

Algumas doenças comuns como a azia e má digestão, por exemplo, podem impedir o  emagrecimento porque atrapalham a absorção dos nutrientes bons (vitaminas, aminoácidos…) e acumulam gorduras que deveriam ser eliminadas. São vários fatores que interferem na dinâmica e no resultado de uma Dieta, já que organismo doente não absorve bem os nutrientes dos alimentos. Além disso, acumula gordura em excesso e, assim, diminui as chances de perder calorias e emagrecer.

Além de está com a saúde em dia, para emagrecer é preciso fazer um planejamento conforme o seu perfil e suas necessidades calóricas. Cada pessoa tem seu próprio ritmo e na hora de queimar calorias isso precisa ser levado em consideração.

Logo, antes de se submeter a qualquer dieta, procure um médico ou outro profissional de saúde e faça uma avaliação de suas condições. Ou seja, se a saúde não estiver em dia, não vale a pena aumentar o risco de piorar só para ter um corpo bonito. Problemas de coluna, descontrole hormonal (na tireoide, diabetes, etç), respiratórios, dores no corpo ou nas articulações também podem interferir nas atividades físicas e nas dietas.

Para emagrecer saudável é preciso reeducação alimentar e prática de exercícios físicos. Porém, só é aconselhável começar a fazer isso depois de ter certeza que corpo e mente estão bem preparados e em condições de conseguir resultados positivos. Pense nisso e mexa-se!

ATENÇÃO: Nossas dicas, dietas e receitas são para pessoas adultas e saudáveis. Na dúvida, consulte seu médico, educador físico ou outro profissional de saúde.

 

 *Colaboração:

Zilma Silva/Obstetrícia e Saúde da Mulher – Universidade de São Paulo-USP


Faça sua Avaliação

Redes Sociais

Faça seu Comentário