Siga e compartilhe

Controlar as emoções faz perder peso com mais facilidade

argila_estrias_Dsaude

argila_estrias_Dsaude

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cientistas descobriram que existe dentro do nosso cérebro um cérebro emocional. E, este é o que controla as nossas emoções. Na verdade, há um “cérebro dentro do cérebro” como se fosse um segundo cérebro com uma estrutura e organização diferente.  O neocórtex é a parte mais “evoluída” do cérebro e desempenha as funções de comando do centro da linguagem e do pensamento.

Esse cérebro emocional mantém o controle de tudo o que é importante tanto para o nosso bem-estar psicológico, como para a fisiologia física. Mantém o controle dos batimentos cardíacos, ritmo respiratório, a pressão arterial nos vasos, a liberação dos hormônios, as funções intestinais e a defesa imune.

Problemas emocionais resultam de disfunções no cérebro emocional. E, qual a relação disso com dietas de emagrecimento? Muitas pessoas têm dificuldade para emagrecer porque buscam no alimento a cura para essas disfunções. É como se  o alimento fosse a “fuga” ou algo prazeroso para trazer de volta a sensação de felicidade e bem-estar.

Como o cérebro emocional tem a capacidade para controlar seu comportamento é preciso ter bastante cuidado em relação a essas atitudes que podem comprometer todo um esforço árduo de dietas, reeducação alimentar e horas de malhação na academia, sem, entretanto, alcançar os objetivos propostos.

Ou seja, emagrecer com saúde é um resultado conjunto de um trabalho da mente, corpo e espírito que levará a novos hábitos no estilo de vida, ânimo e coragem para atividade física regular e reeducação alimentar.  Seu cérebro precisa está preparado para coordenar adequadamente o seu programa de emagrecimento e adaptar o seu corpo para as mudanças que resultarão de um estilo de vida mais saudável.

A boa notícia é que, segundo trabalhos científicos, há possibilidade de “reprogramar” o cérebro emocional para que ele se adapte às novas circunstâncias, isto é, aos novos hábitos, inclusive, alimentares. Mas, para isto é preciso fazer uma autoavaliação honesta, livrar-se da ansiedade excessiva e preocupações cotidianas que fazem encarar o alimento, principalmente os doces, como a solução imediata para os problemas da vida.

 

Faça sua Avaliação

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Redes Sociais

Faça seu Comentário