Siga e compartilhe

Cisticercose e Teníase: o perigo das carnes mal cozidas – Parte 2

Teniase_Dieatesaude (2)

Teniase_Dieatesaude (2)

(Leia também: Cisticercose e Teníase: o perigo das carnes mal cozidas – Parte 1)

Neste Artigo, continuaremos explicando sobre o perigo de ingerir carnes cruas ou mal passadas, já que elas podem servir de veículo de doenças como a Teníase.

Há dois tipos de tênias: a Tênia solium, transmitida pela carne de porco e a Tênia saginata, transmitida pela carne bovina.

Nos dois casos, a forma de contaminação e de evolução da doença é bem similar.  No ciclo da doença, o cisticerco (ovos ou larvas) alcança o intestino, cai na corrente sanguínea e pode se alojar no cérebro da pessoa. Os principais sintomas da doença são dores de cabeça, convulsões, confusão mental e pode, nos casos mais graves, levar até morte. Pode também atingir a coluna vertebral e a região muscular, causar dor e dificuldades de locomoção. Se atingir a região dos olhos, ocorre complicações gravíssimas: pode causar problemas visuais que podem evoluir para a cegueira, inclusive.

Para evitar essas doenças, tenha cuidado com as carnes  mal passadas ou cruas. Infelizmente, não se pode  confiar muito na vigilância sanitária no Brasil, já que nem sempre cumprem o seu dever de fiscalização.

Outros cuidados para evitar essas doenças é lavar bem as frutas e legumes, lavar as mãos antes das refeições e após ir ao banheiro.

 

Observe o Infográfico e veja um exemplo do ciclo dessas doenças. O ciclo abaixo é da Tênia solium.

Teniase_Dieatesaude (1)

Faça sua Avaliação

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Redes Sociais

Faça seu Comentário