Siga e compartilhe

Os 4 piores alimentos que causam a Celulite



Dietaesaude_celulite (1)

 

 

 

 

 

 

 

 

A palavra  celulite  significa célula inflamada. Ou seja, os furinhos na pele que tanto incomodam as mulheres é um processo inflamatório que tem origens diversas. O excesso de gordura e a retenção de líquido no corpo é a principal causa. Fatores genéticos, hábitos de fumar e falta de exercícios físicos regulares também contribuem bastante para o surgimento da celulite.

Os hábitos alimentares influenciam, de modo geral, tanto na saúde física e mental, quanto nas questões estéticas. E, alguns alimentos são considerados os vilões da origem da celulite. Veja quais são e por quê:

1. Sal

O cloreto de sódio (sal de cozinha) em excesso “puxa” a água. Com isso, o organismo fica mais inchado, pois dificulta a eliminação dos líquidos que ficam retidos. Além da aparência de sobrepeso, os quilinhos a mais afetam a irrigação e a nutrição adequada das células da pele. O resultado é a inflamação das células.

 

2. Refrigerantes

Não importa o tipo. Tanto a versão diet como a light possuem sal e/ou açúcar em excesso. Essa associação com o sal faz aumentar a retenção de líquido. O açúcar aumenta as calorias e os aditivos químicos, corantes e conservantes “roubam” os nutrientes das células deixando-as mais frágeis. Esses são alguns dos motivos pelos quais os refrigerantes e  a maioria das bebidas gaseificadas causam a celulite.

 

3. Doces e chocolates

Em geral, possuem açúcar em excesso. Por isso, evite sorvetes, balas, chicletes, pirulitos e todos os alimentos ou guloseimas que tenham açúcar refinado e corantes.

 

4. Frituras

Melhor evitar. Sempre que possível opte pelos salgados assados. Os óleos reaproveitados sofrem uma “transformação” física que os tornam ainda piores para a saúde que um óleo novo, que acabou de sair da embalagem. Evite batatas fritas, do tipo Mc’ Donalds ou de estabelecimentos similares. Os óleos são reaproveitados por períodos muito longos. Há indícios que são utilizados até por 10 anos ou mais. Isto ocorre porque quando o volume de óleo diminui, ele é “coado” e um novo óleo é adicionado ao que já estava em uso.


Faça sua Avaliação

Redes Sociais

Faça seu Comentário