Siga e compartilhe

Alimentação e câncer: o desafio da escolha

Estudos afirmam que há uma estreita ligação entre câncer e hábitos alimentares modernos. O uso abusivo de gêneros alimentícios processados industrialmente facilita a vida do homem contemporâneo, mas aumenta bastante a probabilidade do desenvolvimento de doenças graves e até mesmo o surgimento do câncer. Esses dados têm sido confirmados pelas estatísticas da Organização Mundial de Saúde – OMS.

Por que alguns alimentos causam câncer?

Para entender melhor essa relação, convém esclarecer  o que é mutação. Mutação gênica é a alteração que ocorre dentro do DNA da célula e provoca o início do câncer.  É claro que o câncer só acontece pela combinação de vários fatores, conforme já esclarecemos em artigos anteriores. Muitos alimentos industrializados possuem aditivos químicos e conservantes. Nessas substâncias há fatores mutagênicos, ou seja, fatores que lesam as células humanas e alteram o material genético que existe dentro do DNA da célula. Os cientista explicam que  “Esse processo de mutação leva a uma multiplicação celular muito maior do que o normal e, em consequência, pode aparecer um tumor”.  Tumores benignos ou malignos (câncer) são caracterizados por crescimento celular descontrolado. Os tumores benignos têm cura; já os malignos, dificilmente são curados. São os tumores malignos que causam metástases. Metástases é quando o tumor espalha para outros órgãos do corpo.

Muitos desses alimentos com substâncias cancerígenas não apresentam qualquer benefício à saúde, podem ser facilmente excluídos do cardápio e substituídos por outros. Vale lembrar que o excesso de agrotóxicos presente em alguns vegetais também pode provocar mutação. Logo, opte por frutas e verduras da estação, pois estas possuem bem menos quantidade de fertilizantes e agrotóxicos.

Faça sua Avaliação

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Redes Sociais

Faça seu Comentário