Siga e compartilhe

Por que algumas pessoas não emagrecem e outras nunca engordam?

Algumaspessoasnaoemagrecem_Dsaude (1)

Muitas pessoas reclamam do metabolismo lento e, por isso não conseguem se livrar do excesso de peso. Mas, o contrário também acontece e algumas, por mais que comam alimentos com calorias em excesso, não conseguem engordar porque o seu metabolismo é muito acelerado. O que há de tão especial no metabolismo humano que influencia tão fortemente no gasto de energia e resulta nessas diferenças?

Resumidamente, precisamos entender como funciona o metabolismo. Por que pode ser lento ou acelerado, além de normal? Por que e como ele influencia no ganho de peso ou na magreza?
Metabolismo é o conjunto de reações químicas que acontecem no interior das células para que as moléculas sejam transformadas em nutrientes que o organismo necessita para sobreviver e desempenhar bem as suas principais funções.

Mas, as reações químicas que ocorrem em nosso corpo dependem de energia. Essa energia para as reações químicas tem origem (indiretamente) nos elementos presentes na alimentação: a energia vem principalmente dos carboidratos (glicose dos açucares e do amido) e das gorduras, também presentes em nosso tecido adiposo.

Então,você já dever ter compreendido que quanto mais reações químicas acontecerem no corpo, maior será o gasto de energia, certo? E, uma das formas de gastar energia é exatamente a realização de atividades físicas porque os exercícios, principalmente nos músculos, aceleram as reações químicas e aumentam o gasto de energia. Porém, na fisiologia normal do organismo, algumas proteínas de transporte molecular também exigem energia para as suas funções. São as chamadas bombas de sódio-potássio, bombas de cálcio e uma enzima chamada termogenina. Essa última, a termogenina, faz o transporte de elétrons e libera calor durante o processo, daí o nome de termo (calor) e genina (geradora).

Geralmente, as diversas reações químicas acontecem numa velocidade normal e as bombas de sódio-potássio, as bombas de cálcio e as termogeninas permanecem normalmente ativas e consomem energia até com a pessoa parada, em absoluto repouso. Isso ajuda a entender porque se gasta energia até enquanto dormimos: há consumo energético para a realização das funções vitais: respiração, batidas do coração, etç. Nesse caso, pode-se dizer que o metabolismo da pessoa é normal.

Certos indivíduos têm dificuldades de emagrecer ou de engordar porque o metabolismo delas responde de forma diferente às ativações dessas bombas de sódio e de potássio e possuem menos ou mais termogenina. A quantidade de termogenina depende da herança genética; logo, o corpo não pode mudar isso. Pesquisadores concluíram que alguns indivíduos aumentam bastante o gasto energético quando consomem calorias em excesso, o que impede o acúmulo significativo de gordura corporal. Assim, os “sortudos” que possuem mais termogenina dificilmente vão ganhar peso. Vale lembrar que essa proteína é produzida mais intensamente na infância para ajudar no controle da temperatura corporal da criança. Na vida adulta, ela ajuda no controle fisiológico acelerando as reações químicas do metabolismo.

Existem pesquisas que objetivam a produção sintética da termogenina. Mas, por enquanto, ninguém conseguiu nem isolá-la em laboratório. O dia que a Ciência conseguir esse avanço, pode-se dizer que estaremos bem próximos da cura da Obesidade.

Faça sua Avaliação

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Redes Sociais

Faça seu Comentário