Siga e compartilhe

Alerta: mau humor atrapalha emagrecer



bomhumor.dietaesaude

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De acordo com um estudo da Universidade de Michigan (EUA), a quantidade de uma substância que faz a comunicação entre os neurônios  afeta a forma como vemos o mundo. A substância é a NPY, da classe dos neuropeptídeos e conforme a quantidade dela encontrada no sistema nervoso é que os níveis de estresse mental, alegria e humor são determinados. É essa relação que influencia no comportamento das pessoas: diferentes atitudes são observadas diante da mesma situação ou problema. Uns encaram as coisas com otimismo, outros da forma mais negativa possível.

Em termos de dieta, o bom humor e a alegria  atuam como fatores positivos e ajudam o organismo a eliminar as calorias extras. Isso porque, atitudes  positivas despertam no cérebro sensações de bem estar e liberam substâncias que estimulam o organismo a emagrecer de modo mais saudável. Ao passo que, em pessoas tristes e mal humoradas, o organismo fica “travado”, as células não conseguem trabalhar direito e retêm o máximo de calorias possíveis porque não conseguem relaxar.

A NPY é ainda novidade em termos de pesquisas. Mas, os cientistas alertam que as pessoas que têm menos NPY são muito mais pessimistas e têm dificuldades em lidar com situações estressantes e podem, inclusive, desenvolver doenças como a depressão. Mente e corpo estão e sempre estarão associados intimamente. E, nas dietas de emagrecimento isso não é diferente.Enfrentar a dieta com bom humor faz a diferença e é um grande passo para aumentar as chances de sucesso.

 

 


Faça sua Avaliação

Redes Sociais

Faça seu Comentário