Siga e compartilhe

Alerta: ar-condicionado, insônia e poluição são vilões “ocultos” da dieta.

Dietaesaude_2

Dietaesaude_2


 

 

 

 

 

 

Atualmente, quase 20% dos brasileiros, incluindo crianças e adultos, estão na condição de sobrepeso. A Universidade de São Paulo – USP, divulgou recentemente dados parciais de uma pesquisa que revelou alguns motivos extras para o ganho de peso na população nas últimas décadas. Os dados são alarmantes e comprovam que pequenos detalhes do cotidiano podem ser considerados os “vilões ocultos” da dieta.

A falta de sono, a baixa exposição ao sol, o excesso de poluição atmosférica e o uso de ar-condicionado contribuem para o ganho de peso. E, isto ocorre de forma silenciosa, exceto nos casos de viroses ou de desequilíbrios da flora intestinal, já que esses problemas são mais visíveis. No caso do uso do ar-condicionado é porque, normalmente, a temperatura mais baixa faz a pessoa gastar menos energia, já que não usa o organismo para se aquecer ou se resfriar. Com isso, o corpo reduz o gasto energético e acumula gorduras.

Ambientes muito poluídos provocam doenças, sobretudo as respiratórias, e podem ainda desregular a ação dos hormônios. Esse descontrole hormonal somado à exposição aos elementos presentes no ar poluído provoca reações de defesa no organismo. Com o passar do tempo,  as células da pele ficam com uma camada de gordura mais espessa, o que resulta no aumento de peso. Esse efeito “de defesa” do corpo acontece mais na região abdominal.

Esses dados ajudam a compreender porque as pessoas que residem em grandes centros urbanos, principalmente as sedentárias, tendem a ganhar peso com maior facilidade.

Além do estilo de vida, hábitos alimentares e sedentarismo, esses novos “vilões”  do ganho de peso reforçam a necessidade de mudanças e adequação às dietas e a prática de exercícios físicos como prevenção e promoção da saúde.

Faça sua Avaliação

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Redes Sociais

Faça seu Comentário